Header Divider

Jim Carrey: Brilho eterno de uma mente sem lembrança - 4.0 out of 5based on 1 vote

Brilho eterno de uma mente sem lembrança: um romance às avessas

Jim Carrey Brilho Eterno

 Ano:2004
 Gênero:Romance
 Diretor:Michel Gondry
 Atores:Jim Carrey, Kate Winslet, Tom Wilkinson

O filme de Charlie Kaufman como não poderia deixar de ser é exótico. Depois de “Quero ser John Malkovich” e “Adaptações e Confissões de uma Mente Perigosa” não poderíamos esperar outra coisa. Seus filmes anteriores são daqueles que a crítica adora, mas muitas pessoas não conseguem nem chegar nos 30 minutos de filme e logo desistem. Talvez por ser incompreensível demais ou surreal demais, não se sabe ao certo, mas em “Brilho eterno de uma mente sem lembrança” o filme está mais mastigado, ou seja, mais compreensível ou seria menos incompreensível? Que seja! Vamos ao filme (:

O longa é um romance, nem chega perto de comédia romântica, mas também não chega a ser um drama. Ele mistura momentos tristes e felizes, assim como o é a vida de qualquer pessoa. Ninguém está 100% feliz o tempo todo e nem triste e é assim que é retratado o casal no filme. Os protagonistas são: Joel (Jim Carrey) – que, diga-se de passagem, se saiu melhor do que esperava em um filme sério como esse, tendo em vista que sua filmografia de comédia é imensa – e Clementine (Kate Winstlet) – que surpreendeu por conseguir captar tão bem a complexidade e intensidade da personagem, assim como os cabelos coloridos que mudam constantemente no filme.

O enredo se resume basicamente assim: Joel, um homem apático que vive sem muita emoção na sua vidinha pacata fica em choque quando descobre que sua ex-namorada Clemetine apagou as lembranças do relacionamento que tiveram e que ele simplesmente não significa mais nada para ela. Assim, ele procura o médico responsável pelo procedimento e pede para que faça o mesmo e apague Clementine de suas memórias. Porém, à medida que o procedimento vai acontecendo ele percebe o quanto seu sentimento por Clementine continua vivo e que ele simplesmente não consegue esquecê-la, mesmo com as intervenções do médico no seu cérebro, assim ele vai reagindo contra o tratamento numa luta da sua mente para não esquecê-la.

Basicamente, o filme mostra que o amor pode superar qualquer coisa, até mesmo a remoção da memória. Por mais que o cérebro determine as lembranças, o sentimento está lá, bem no âmago de cada um e não há nada que faça isso se perder. Por mais que os relacionamentos acabem e as pessoas sigam caminhos diferentes, a experiência e o crescimento advindo de cada relacionamento contribui para formar cada pessoa integralmente e isso nunca deve ser menosprezado, assim como as lembranças nunca devem ser apagadas, por mais que doam e sabemos como dói. 

O longa é sensível. Talvez esta seja a melhor palavra para definir o filme. Por este motivo, talvez nem todos se identifiquem, mas aqueles que souberem enxergar a narrativa de forma mais profunda verão alguma semelhança em algum momento do filme. Sem saber explicar, o filme deixa sua mensagem e comove quem o assiste. Mesmo que não se saiba o por quê, sente-se que o filme reacendeu alguma ferida e cicatrizou outras. Um belo filme, com belas atuações e um enredo um pouco maluco e metido à ficção científica, mas que convence e comove os mais românticos.

 
4.51111111111Rating 4.50 (1 Vote)
Leia Também
Filmes de Romance
A3e7d826d5ca452ef62ed1ead2e4f3dd
Filmes de Nicholas Sparks

Melhores filmes inspirados nas obras de Nicholas Sparks Um porto seguro (2013) De Lasse Hallstrom, o filme inspirado no livro de Nicholas Sparks mostra o romance envolto de mistérios de uma mulher...

Facebook Fla 24Twitter Fla 24Linkedin Fla 24Googleplus Fla 24


Config
Filmes Brasileiros Off
Filmes Estrangeiros Off
Filmes Comedia Romantica Off
Filmes Acao Off
Filmes Infantis Off
Filmes Policiais Off
Filmes Faroeste Off
Filmes Medievais Off
Filmes Hq Off
Filmes Religiosos Off
Filmes Antigos
Filmes Musicais Off
Filmes Documentarios Off
Lista Filmes Off