Header Divider

Brad Pitt: Lendas da Paixão - 4.0 out of 5based on 1 vote

Lendas da Paixão: tragédia e laços de sangue

Brad Pitt Lendas Da Paixao

 Ano:1999
 Gênero:Drama, Romance, Guerra
 Diretor:Edward Zwick
 Atores:Brad Pitt, Anthony Hopkins, Aidan Quinn

Do diretor Edward Zwuick, este filme foi inspirado na obra literária "Legends of the fall" - de mesmo título do longa - do escritor norte-americano Jim Harrison. Lançado em 1994 foi considerado pela crítica da época como um filme esplendoroso com muitas cenas belíssimas da natureza, o que justifica o Oscar de "Melhor Fotografia" que levou. Apesar das muitas outras indicações, o filme não  superou tanto às expectativas assim para levar, de fato, os outros prêmios. E, indubitavelmente, foi essa sensação que o filme me deixou: de que poderia ser muito mais do que se pretende. O romance se arrasta de forma natural sem flashbacks, o que é um fator positivo uma vez que o filme tem duas horas com muitas tramas e idas e vindas.

O filme se passa em pleno século XX e mostra uma família composta por William Ludlow, interpretado pelo excelente Anthony Hopkins (uma das melhores escolhas do filme) que é dono de um rancho afastado da cidade e que volta a reunir seus três filhos para viverem junto dele, são eles: Alfred Ludlow (Aidan Quinn) que é o filho mais velho, Tristan Ludlow (Brad Pitt) é o filho do meio e  Samuel Ludlow  (Henry Thomas) é o filho caçula. Alfred é daqueles que, se vivesse no século XXI, seria um fascista e capitalista desmedido, em que prioriza seus próprios interesses e é assim que ele aparece no filme como um homem sério, frio, ambicioso, arrogante, vingativo e que faz de tudo para conseguir o que quer. Samuel é o irmão mais novo, ingênuo, inseguro e de coração mole, apaixonado e convicto de seus ideais.

Já Tristan é o mais equilibrado dentre os dois, reunindo as melhores qualidades de ambos irmãos e sendo o mais responsável por eles, principalmente seu irmão mais novo. Assim, Tristan reúne qualidades como coragem, honra, altivez e generosidade. O personagem é bem construído por Brad Pitt como um selvagem que acredita nas crendices de sua família, porém, provavelmente por diretrizes da direção, ele acaba destoando dos dois irmãos e se sobressaindo demais sobre os outros pela sua beleza que não combina com a dos dois irmãos, ambos morenos, magros e com a pele mais clara. Ele aparece como um galã de cabelos loiros longos esvoaçantes, músculos definidos e bronzeados e olhos azuis vibrantes. Esse talvez seja o maior problema do filme, fazer de Tristan um galã e herói ao invés de um homem comum com sentimentos nobres e um coração apaixonado.

O filme ocorre durante a Primeira Guerra, em que algumas cenas dos irmãos na batalha são exibidas, momento em que Samuel morre de maneira nada heroica ao praticamente se suicidar em um reconhecimento de campo, mas o foco fica na paixão dos três irmãos pela noiva de Samuel, a Susannah (Julia Ormond). Desde as primeiras cenas rodadas se evidencia esse interesse dos outros dois irmãos e, após a morte de Samuel, as investidas são mais diretas principalmente por parte de Alfred. Susannah o rejeita, pois sempre esteve interessada em Tristan desde a primeira vez que o viu. Assim, eles vivem uma paixão fugaz e intensa, mas Tristan, assombrado por problemas pessoais, espirituais e com memórias do seu irmão ele decide viajar para longe e abandona seu pai e Susannah. 

Por anos ele se aventura pelo mundo com os ensinamentos repassados pelo sábio índio que integra sua família. Ele se torna caçador, veleja em embarcações, enfrenta pessoas e criaturas monstruosas, se envolve com outras mulheres e inicia um caminho de autoconhecimento. Nesse meio tempo Susannah fica solitária, pensativa, triste à sua espera, porém ao receber uma carta de adeus definitivo de Tristan, ela se casa com Alfred à contragosto. Anos depois, ele retorna e ao saber de Susannah decide se casar com uma índia que se apaixona. A partir de então o filme tem muitas reviravoltas com mortes trágicas envolvendo questões financeiras e políticas do Congresso, onde Alfred trabalha.

O longa tem um final trágico, assim como deveria ser para um romance real e impossível. A paixão de Tristan e Susannah não teve a chance que deveria e assim eles se encarregam de seus destinos infelizes, cada qual à sua maneira, Susannah se suicidando e Tristan fugindo, volta a viver junto à natureza de maneira selvagem até morrer já idoso enfrentando um urso. O filme tem um tom pesado e um sabor amargo, mas deixa sua marca acalentadora nos corações desesperados e aflitos. A paixão ardente e destrutiva que desemboca em duas vidas perdidas, assim como a valorização das crenças e da família são os motes do filme. E, apesar de pecar pelo excesso shakesperiano, vale ser visto pela complexidade dos personagens e atuações dignas de aplauso, principalmente de Hopkins.

 
4.51111111111Rating 4.50 (1 Vote)
Leia Também
Filmes de Romance
116e6fd058a16ef65deb72592b484b95
Marc Webb: 500 Days of Summer

500 Days of Summer: um anti-romance real  Ano: 2009  Gênero: Romance, Drama, Comédia  Diretor: Marc Webb  Atores: Zooey Deschanel, Joseph Gordon-Levitt, Geoffrey Arend Muitos podem dizer que este...

Facebook Fla 24Twitter Fla 24Linkedin Fla 24Googleplus Fla 24


Config
Filmes Brasileiros Off
Filmes Estrangeiros Off
Filmes Comedia Romantica Off
Filmes Acao Off
Filmes Infantis Off
Filmes Policiais Off
Filmes Faroeste Off
Filmes Medievais Off
Filmes Hq Off
Filmes Religiosos Off
Filmes Antigos
Filmes Musicais Off
Filmes Documentarios Off
Lista Filmes Off